3 SINAIS DE QUE OS INSTRUTORES DA SUA ACADEMIA NÃO PRESTAM

Fique de olho!

instrutores não prestam 040416

Existem inúmeros profissionais competentes na área da musculação que estão realmente capacitados para prescrever treinos, corrigir e auxiliar as pessoas da melhor forma possível para gerar os resultados esperados. Contudo, ainda existe uma grande massa de instrutores que não estão capacitados nem mesmo para varrer a academia e que sujam toda a classe, mas que estão ativos e prescrevendo treinos para várias pessoas, como se fosse receita de brigadeiro. Veja os 3 sinais de que os instrutores da sua academia poderiam se dar bem em outra profissão, bem longe da musculação.

1 – Instrutor fora de forma

Instrutores não tem a obrigação de ter o melhor físico da academia, mas estar totalmente fora de forma – tendo a aparência de que nunca tocou em um peso na vida – é um forte sinal de que eles não levam como prioridade a própria profissão e principalmente não dominam o lado prático da coisa. Como confiar em conselhos de alguém que nunca conseguiu empregar as próprias dicas em si mesmo?

“Mas ele fez faculdade e domina a teoria.” Já imaginou um cardiologista que só sabe a teoria realizando uma cirurgia de risco? Ou um piloto de avião que nunca pisou numa cabine, fazendo um voo entre continentes? Teoria é ótimo, mas não vale absolutamente nada se a prática não andar de mãos dadas.

2 – Instrutor desatualizado

Por incrível que pareça, na era da informação, onde tudo o que queremos saber está apenas à alguns cliques, ainda existem instrutores que não dominam mais do que o “arroz e feijão”. Basta perguntar qualquer coisa fora do “comum”, como realizar um levantamento terra ou sobre alguma rotina que foge dos 4×10 em todos os exercícios, e eles ficam mais perdidos que cego em tiroteio. Isto quando eles ficam desconfortáveis por não saber algo e simplesmente dizem que é “errado”, deixando o coitado do aluno ainda mais confuso.

 

3 – Instrutor preguiçoso

instrutores não prestam 040416b

Infelizmente, não tem outra palavra para descrever alguém que fica o dia inteiro checando o status no Facebook, batendo bapo, falando com a namorada pelo telefone, enquanto os alunos estão sozinhos. Alguns alunos mais experientes realmente não precisam de um olhar mais atento, mas outros – que estão realizando os exercícios e cegamente dependendo da ajuda do instrutor – precisam estar sob constante observação para não fazer cagada, e os instrutores estão ali – sendo pagos – justamente para isto.

Fonte: http://www.hipertrofia.org/

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s