A DIFERENÇA ENTRE O BODYBUILDER E O “MALHADOR”

Aprenda a diferença entre quem treina de verdade, com paixão e quem “malha” para se exibir!

A DIFERENÇA ENTRE O BODYBUILDER E O 070316

Por: Marcelo Sendon

Você entra na academia. Começa a treinar sério e não demorará muito tempo até perceber que algumas coisas erradas ou estranhas acontecem.

E é quando você, um tanto quanto crítico como eu, começa a observar sutis diferenças entre o Bodybuilder, como você e o malhador de final de semana na balada ou pior, de verão.

Você sabe a diferença do verdadeiro Bodybuilder para o malhador? Conheça algumas delas e, observe como de fato acontece.

Ok, então vamos analisar algumas das diferenças:

Bodybuilder: Na segunda-feira, não está animado para o treino. Ele sabe que vai sentir dor, possivelmente passar mal, ficar com tonturas durante e após o treino. Em geral, é apenas mais um dia da rotina, mas que ele faz questão de seguir da melhor maneira possível.

Malhador: Na segunda-feira, chega todo animado, rodando os braços feito uma galinha tentando planar. Cumprimenta todo mundo, principalmente a mulherada que ri da cara dele quando ele vira as costas, enche a garrafinha de água (geralmente uma coqueteleira que ganhou de brinde numa loja quando comprou seu primeiro whey protein) e vai direto montar o supino reto.

Bodybuilder: Durante o treino, esquece que existe vida ou mundo. Seu objetivo é causar o maior dano possível nas fibras musculares e para isso se concentra em cada repetição. Logo nas duas primeiras repetições já está suando a ponto de vermos gotas em sua testa.

Malhador: Coloca as luvinhas, após montar o supino da segunda-feira, balança os braços, deita no banco (com as pernas no banco, claro), dá um gritinho para tirar a barra e faz 12 repetições rápidas até o braço chegar em 90º claro, pois mais que isso, é lesão na certa.

Bodybuilder: Como o frango, ou malhador, está demorando no supino, após sua primeira série em algum exercício qualquer, pede para revezar o supino com o frango. Dotado de egocentrismo, o frango pergunta se ele quer diminuir o peso. Após dizer que não, o bodybuilder pega a barra e começa sua rosca direta. E o frango claro, assustado, começa a conversar com a primeira pessoa que vê.

Malhador: Começa a conversar com a primeira mulher que vê, contando sobre seu fim de semana ilustre, na balada ou em Campos.

Bodybuilder: Na altura do campeonato da conversa do frango, ele já está na metade do treino (e já acabou a rosca direta faz tempo).

Malhador: Após 6 séries de 12-15 no supino reto, ele vai então para o supino inclinado com halteres. Porque halteres, claro, nesse ponto, permite que ele fique mais confortável e sinta melhor sua pseudo-musculatura.

Bodybuilder: Já passando mal nos primeiros 30 min de treino, senta em qualquer banco, respira por 15 segundos, levanta e vai pro próximo exercício.

Malhador: Após algumas séries, já tem um pouco de sangue intramuscular, o que volumiza um pouco sua carcaça. Então, é hora de se olhar no espelho e ver o quão grande ele está ficando com o Whey que ganhou no dia das crianças.

Bodybuilder: Zerando alguma das muitas máquinas que consegue, começa a gemer de tanta dor e, claro, porque está sem ar.

Malhador: Chocado com aquela situação e achando o cúmulo da cafonisse, começa então a criticar o bodybuilder com a mocinha do lado. Ambos concordam que ele é exagerado, não tem mais ereção e está muito grande.

Bodybuilder: Sem ligar para o que, evidentemente sabe que está acontecendo, passa reto pelo frango, pega sua garrafa de água de dois litros e vai direto para o vestiário, onde tem uma coqueteleira com 200g de maltodextrina e 70g de whey protein.

Malhador: Continua mais 1h na academia, ou mais. E para não catabolizar e ajudar a inchar, toma muita água no bebedouro. A cada série, um gole que dura 5 minutos.

Bodybuilder: Chega em casa, após o treino e come 800 g de batata doce com 500 g de carne.

Malhador: Sem se preocupar com o tempo, chega em casa e então aí sim, vai preparar seu whey protein de morango com água, pois leite, claro, retarda a absorção. E para completar, mais uma colher de chá de creatina. E sim, essa é a hora mais difícil, pois tudo tem um gosto tão ruim, mesmo se tratando de um Isopreme da vida. Afinal, Milkshake da vovó é sempre melhor, não?

Bodybuilder: Após sua terceira refeição após o treino, decide fazer um pouco de aeróbico, afinal, nem só de pesos vive o homem.

Malhador: Entra na internet e começa a bater um sutil papo no MSN. E claro, coloca sua foto mostrando o abdômen no espelho do banheiro.

 

Bodybuilder: Antes do treino, procura fazer sua melhor refeição. Batata doce e frango ou arroz e frango, geralmente. Tudo, claro, em proporções grandes, tanto porque seu corpo é muito grande.

Malhador: Antes do treino, pela carcaça de 62kg, come 2 colheres de aveia com 2 bananas e mel. Espera 2-3h e então, vai para a academia. Afinal, treinar de estômago cheio faz mal e ele sente ânsias de vômito, uma vez que seu treino é muito pesado.

Bodybuilder: Vai para a academia sem se importar com a roupa. Tudo o mais confortável e grande possível. Roupas rasgadas as vezes e não importa.

Malhador: Coloca seu shorts de surf, sua regada extremamente apertada, passa perfume, arruma o cabelo, checa a corrente de prata, certifica-se que as luvas estão na mochila e então vai com seu MP3 tocando Techno ou algo do tipo no ouvido.

(…)

E poderíamos ficar por muitas horas escrevendo sobre as diferenças. Afinal, são vidas opostas e diferentes.

É claro que nenhuma está certa ou errada. São apenas modos de vermos as coisas. Para um, é conveniente fazer as coisas de um jeito e para o outro, de outro jeito completamente diferente.

A principal intensão deste artigo, foi relatar um pouco da visão de um bodybuilder, de forma humorística, afim de descontrair um pouco um clima que por muitos é tido como pesado. Jamais condenaremos os que não seguem este estilo de vida.

Bons treinos!

Fonte: http://dicasdemusculacao.org/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s