MENTIRAS QUE AINDA PERSISTEM NAS ACADEMIAS DE MUSCULAÇÃO

Conheça as 3 mais comuns!

3 mentiras 060715

Por: Marcelo Sendon

Conheça 3 grandes mitos de academias e se livre deles, para assim obter melhores resultados em seus treinos e objetivos.

A musculação não é algo conclusivo, pois não existe nenhuma regra e nada do que eu fizer e der resultados em mim, também irá dar em você. Na musculação isso não existe. E por ser assim, tão complicada, existem muitas informações, muitas teorias e muitos modos de seguimentos destas informações. E é ai que começam a existir mitos, mentiras, teorias faladas, mas não testadas, teorias feitas com base apenas nos testes de seu corpo e por ai vai…

Infelizmente são as mentiras que perduram com o decorrer do tempo. E não é por acaso que CONSTANTEMENTE é possível observar mais pessoas fazendo coisas erradas e cada vez menos vendo bons físicos a serem construídos. Hoje, portanto, conheceremos 3 mentiras que ainda persistem dentro das academias de musculação e que acabam por influenciar negativamente pessoas de diferentes níveis, sejam eles avançados, médios e, principalmente, iniciantes.

1- Você necessita treinar todos os dias para obter bons resultados

3 mentiras 060715b

Assim como algumas pessoas vem entendendo a importância de realizar treinos curtos, breves e intensos, outras pessoas passam a imaginar que uma frequência alta de treino possa promover bons resultados e/ou fazer com que eles de fato possam ocorrer.

A verdade é que assim como um treinamento longo, o treino com frequência elevada demais também prejudicará o corpo em aspectos relacionados a recuperação entre as sessões de treino, fazendo com que não haja progressão entre uma sessão e outra, mas estagnação e até mesmo regressão e estresse excessivo, o que pode resultar em processo extremamente catabólicos, estresse sistêmico e neural, os quais ligam-se diretamente a fatores como o humor, a motivação e até mesmo a influência no sono, entre outros.

Treinar todos os dias faz com que o corpo não consiga recuperar-se em todos seus aspectos: aeróbios, anaeróbios, físicos e mentais.

Portanto, assim como fazia o grande Dorian Yates, o descanso entre as sessões de treinamento são essenciais tanto quanto, ou até mais, do que o próprio treinamento. Lembre-se que mesmo com o corpo em recuperação, o seu metabolismo estará tão ativo quanto nos dias de treino. Portanto, além de NÃO treinar antes de uma total recuperação, você deve dar a devida atenção para os aspectos dietéticos (inclusive de hidratação).

Para a maioria das pessoas, uma média de 3-4 sessões de treinamento por semana já são mais do que suficientes.

2- Sem suplementos, sem ganhos

3 mentiras 060715d

Se ganhos fossem baseados em suplementos alimentares, a musculação de nível de modificação corpórea passaria a não existir até a criação e disponibilização dos suplementos alimentares, mas não é bem isso que observamos com o decorrer da história do esporte amador ou competitivo.

Os suplementos alimentares são requisitos para complementar questões dietéticas as quais não podem ser supridas com a dieta. É claro perceber então que antes do uso de suplementos alimentares, há a necessidade de ter uma dieta devidamente estabelecida a si e que, por alguma eventual falha, necessidade aumentada, indisponibilidade ou facilidade, necessite de algum complemento o qual pode variar desde os proteicos e aminoácidos, aos energéticos, vitamínicos, minerais, fibras ou outro qualquer.

Muitos ainda associam um bom treino ao suplemento ergogênico usado, como se o treino sem este suplemento fosse fraco e ruim. Sim, é verdade, os suplementos ergogênicos, de maneira geral, auxiliam no aumento da performance. Entretanto, sabe-se que esses aumentos só são realmente atingidos caso o corpo esteja em sinergia com a dieta e o treinamento. Do contrário, serão apenas substâncias ingeridas.

A grosso modo, os suplementos são estratégias interessantes para serem utilizadas, mas não são sinônimos de resultados. Eles serão de bom grado e são uma vantagem interessante APENAS se você estiver fazendo o básico de maneira correta. Portanto, suplementos NÃO significarão ganhos. Os ganhos virão da dieta, do treinamento, do descanso e das periodizações adequadamente sinérgicas.

3- Quanto mais água no treinamento, melhor

3 mentiras 060715c

A água é um nutriente singular extremamente necessário ao corpo. Diante de todos os benefícios que bem conhecemos sobre a mesma, bem como sua real importância e participação no corpo, fica difícil imaginar a sobrevivência sem ela.

Para o praticante de musculação, a água tem funções ainda mais específicas, importantes e requer um consumo um tanto quanto mais elevado, principalmente em níveis de reposição hídrica. Apesar de toda essa importância e singularidade, é necessário estabelecer parâmetros e bom senso no consumo da água durante o treinamento.

É indiscutível que o corpo necessite de água, que ele perca água e você sinta sede e é óbvio que essa sede deve ser sanada. Entretanto, muitos indivíduos ao entenderem mal os conceitos da água, passam a literalmente se entupir de água durante o treino, o que não é legal. O fato não é nem a própria ingestão de água, mas sim os efeitos que isso traz ao corpo em quesitos físicos e metabólicos. Dos físicos, pode gerar desconfortos gástricos, mal esvaziamento gástrico, enjôos, tonturas e outros. Pelos metabólicos, poderá elevar demais a pressão sanguínea, causar maior perda ainda de eletrólitos, causar desvio do fluxo sanguíneo dos músculos para o aparelho gastrointestinal entre outros.

Portanto, procure SANAR A SEDE durante e o treino. Não haverá necessidade de “alto consumo de água”. Procure hidratar-se corretamente durante o dia inteiro e não só no momento em que estiver treinando, isso será o suficiente. Não se esqueça que hidratação envolve não só a água, mas minerais e eletrólitos também!

Conclusão

Neste artigo podemos desmistificar mais 3 mitos que são criados em academias de musculação. Esses mitos muito atrapalham os treinos dos praticantes, principalmente dos inciantes que não entendem nada e passam a repetir tudo o que os mais antigos fazem, pensando ter resultados. Além disso, mitos são coisas viciosas e a partir do momento que você acredita nele, você repasse e assim vai seguindo, como uma corrente. Portanto desmistificá-los é importante!

Procure conhecimento, essa é a melhor forma de iniciar a peneira entre as inúmeras informações ouvidas.

Bons treinos!

Fonte: http://dicasdemusculacao.org/

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s