SETE MANIAS NA ACADEMIA

Veja o que faz você perder tempo!

mania 0401113

Por iG São Paulo

Publicada em 23/10/2013 14:00:26

Não é falta de ir à academia, nem de dedicação aos exercícios. Mas tem gente que não consegue resultados, por mais que se “esforce” no treino.

É como “correr atrás do vento”, ou seja, gastar energia e tempo em treinos ineficientes ou com atitudes que não combinam exatamente com a boa forma.

Veja a seguir algumas das situações improdutivas na academia e dicas para melhorar seu treino.

1. Fazer musculação com grandes intervalos entre as séries

A pessoa vai para a academia e segue a planilha “direitinho”. Acontece que, como também não abre mão de fazer “social”, entre uma série e outra ela conversa calmamente com o amigo, com o treinador, bebe água, se olha no espelho. Para que o treino funcione, é importante que se respeite os intervalos entre as séries de musculação. Em média os intervalos são de 30 a 45 segundos.

2. Ficar na esteira por 1h30 na velocidade de 4km/hora

Tem quem se ache o máximo fazendo 1h30 de caminhada. Só que no ritmo de 4km por hora, para conversar com o amigo na esteira ao lado, não dá… É importante usar um parâmetro como indicador da intensidade do esforço. O melhor e mais usado é o frequencímetro, que mede a frequência cardíaca (FC) durante o exercício.

3. Fazer musculação e atividade aeróbica quando dá vontade

Às vezes o indivíduo sai para correr às terças e quintas, às vezes faz musculação às quartas. Algumas semanas não faz nada. Em outras, faz tudo, todos os dias. É difícil ter bons resultados sem uma rotina de treinos, descanso e alimentação. Alguma rotina há que se ter.

4. Treinar todos os dias, mesmo exausto

A pessoa leva tão ao pé da letra a necessidade de atividade física que para ela a palavra descanso não existe no dicionário. Mesmo sem dormir direito ou doente, marca presença na academia. Quem não quer faltar de jeito nenhum, deve procurar atividades que promovam relaxamento, como alongamento e ioga.

5. Tornar a musculação mais “fácil”

Pegar leve no peso ou exercitar-se na postura errada, não sentindo esforço, é quase como não fazer nada. Para a musculação realmente funcionar, é preciso adequar as cargas de cada exercício e aumentar o peso de acordo com as adaptações geradas.

6. Não variar o treino

Todo dia, ele faz tudo sempre igual: 10 minutos de esteira, seis séries para membros superiores, seis séries para membros inferiores, sempre nos mesmos equipamentos, com os mesmos pesos. Assim, a evolução física tende a estagnar. É importante variar os estímulos de carga, intervalos, métodos e exercícios que trabalhem vários grupos musculares.

7. Usar roupas inadequadas

Acreditando que suar mais é sinônimo de emagrecer, a pessoa vai para a academia encapotada. Ou vai com uma roupa muito decotada, justa, que pode revelar mais do que deveria, provocando incômodo e mal-estar a ponto de não conseguir realizar o exercício direito. Nada disso. A roupa deve ser confortável e favorecer a ventilação, além de proteger do contato direto com aparelhos na musculação para evitar o surgimento de doenças de pele.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s