PROTEÍNA

Whey protein isolado

whey-protein-isolado 250713

A Whey Protein é sem dúvida a proteína de maior valor biológico existente, com inúmeros benefícios a saúde e fundamental para o desenvolvimento muscular. Para saber mais sobre os benefícios da whey clique aqui.

Surgiu a pouco tempo no mercado a proteína do soro do leite isolada, denominada de Whey Protein Isolado. Trata-se de uma Whey mais pura, livre de carboidratos, lactose, gorduras, e de perfeita absorção. Mas pelo fato de ser submetida a um processo de filtragem muito complexa, o seu preço acaba por ser mais alto que a Whey Protein convencional.

Suas cadeias curtas e peptídeos fazem com que acelere o processo de absorção, ficando disponível para os músculos quase que imediatamente após a ingestão. Isso é de estrema importância para praticantes de musculação, onde a necessidade de disponibilizar proteínas imediatamente para os músculos é fundamental.

Maior rapidez na absorção de proteínas

A proteína do soro do leite contém todos os aminoácidos essenciais em grandes quantidades. Por isso, muitos estudos na área de nutrição têm investigado inúmeros benefícios associados com diversas atividades do organismo, entre elas a atividade imunológica, atividade antimicrobiana e antiviral, atividade anticâncer, antiúlcera e na proteção do sistema cardiovascular.

Na área esportiva, a proteína do soro do leite (whey protein) – que pode ser encontrada em três formas: isolada, concentrada e hidrolisada, também tem ocupado um papel de destaque já que diversos estudos apontam dietas que incluem o soro do leite como um promotor de melhoras nos benefícios do treinamento.

No caso de atletas, a escolha se dá por várias características do produto. A primeira e mais importante delas é que a proteína do whey é naturalmente completa, pois contém todos os aminoácidos essenciais, sendo que sua combinação ideal auxilia na otimização do desempenho atlética.

Outra vantagem do uso da whey é que o produto é uma rica fonte de BCAA’s (aminoácidos de cadeia ramificada), que são metabolizados diretamente nos músculos e os primeiros a serem usados durante os exercícios. Assim, os BCAA’s conseguem reabastecer os níveis esgotados para reparar e construir o tecido magro dos músculos.

Além dos BCAA’s o whey é uma excelente fonte de leucina, aminoácido essencial na síntese de proteína do músculo. Algumas pesquisas apontam que atletas com altos níveis de leucina na dieta têm mais tecido magro e menos gordura. A proteína isolada do soro do leite possui aproximadamente 50% mais leucina do que a proteína isolada de soja. Por ser uma proteína solúvel, possui fácil digestibilidade e absorção eficiente e rápida pelo corpo. O whey também mantém os níveis de glutamina do organismo, o que contribui para um sistema imunológico saudável já que durante os treinos pode haver redução dos níveis deste aminoácido no sangue.

De acordo com a nutricionista Patrícia Bertolucci, a forma isolada do produto está sendo bem aceita no mercado, pela facilidade e rapidez na absorção, pois alguns estudos apontam que as proteínas do soro do leite são altamente digeríveis e rapidamente absorvidas pelo organismo, estimulando a síntese de proteínas. “Alguns estudos classificaram essas proteínas, como proteínas de metabolização rápida e, por isto, seriam muito adequadas para situações de estresses metabólicos em que a reposição de proteínas no organismo se torna emergencial. Algumas pesquisas apontam benefícios no uso das proteínas do soro de leite em patologias que levam a um catabolismo, como sepsis e infecções virais. Estudos também avaliaram sua aplicação na síntese muscular após exercícios físicos”, disse a nutricionista.

Segundo Dra. Patrícia, há várias pesquisas sendo realizadas em ratos para ver a ação do suplemento e seus possíveis benefícios no sistema cardiovascular, em patologias como câncer, úlcera e na prática de atividades físicas. “O conhecimento ainda é muito limitado sobre estes efeitos no organismo humano. Há muito que pesquisar sobre os verdadeiros mecanismos de ação dessas proteínas e peptídeos e das quantidades que devem participar da dieta para produzir seus efeitos benéficos”, disse.

Ainda de acordo com a nutricionista, ela tem indicado o uso do whey protein pela sua praticidade. “Tenho indicado por questões de praticidade quando os pacientes estão fora de casa, ou precisam de refeição que seja disponível rapidamente para garantir a ingestão protéica. E como complemento alimentar das refeições diárias, ou em casos onde há alta demanda metabólica mediante as exigências do treino”.

Além de atletas, outra categoria que pode lançar mão do uso da proteína do soro do leite é a da terceira idade, desde que indicado por um profissional habilitado e nas quantidades determinadas pelo mesmo. Uma boa nutrição e quantidades adequadas da proteína do whey podem ajudar a manter os músculos fortes durante o envelhecimento, especialmente quando combinados com um programa de exercícios regulares.

Um estudo recente na Europa comparou a proteína à caseína, que é a proteína preliminar do whey no leite. Foi constatado que alguns homens idosos que consumiram a proteína do whey mostraram uma síntese maior da proteína, ou o crescimento, que ajudou à perda do músculo. Um outro benefício da proteína do whey para idosos é sua importante habilidade em ajudar a impedir a perda óssea.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s