PANTURRILHA

Erros e acertos

Panturrilha Arnold 200613

Por Marcelo Rocha

 • Principais músculos envolvidos e sua principal função

– Os principais músculos que compõem a panturrilha são Gastrocnêmio (cabeça lateral e medial) e Sóleo – Tríceps Sural. O principal movimento que envolve esse grupo muscular é a flexão plantar (ponta de pé).

 • Peculiaridades de cada músculo

– O Sóleo é um músculo mais profundo e que se origina abaixo do joelho, e, portanto, só pertence à articulação do tornozelo (HAY, JAMES G. et al, 1983)1.

– O Gastrocnêmio é um músculo mais superficial e que se origina acima do joelho, fazendo parte assim das articulações do joelho e tornozelo (HAY, JAMES G. et al, 1983 )1 .

 • Diferenças no trabalho de cada músculo

– Com base nas informações acima, veremos a principal diferença no trabalho desses músculos. Quando realizamos o trabalho de flexão plantar sentado (panturrilha no “burrico”), a ênfase é dada ao Sóleo, já que o Gastrocnêmio se encontra “folgado”. Quando o trabalho é feito com o joelho estendido (panturrilha em pé, no leg press etc.), o Gastrocnêmio torna-se agora responsável por grande parte desse trabalho, devido ao pré-estiramento que ele recebe nessa posição e ser um músculo mais potente do que o Sóleo.

Obs.: O pré-estiramento é a melhor posição de trabalho para um músculo.

 • Erros e acertos

– È muito comum encontrarmos as pessoas realizando esses exercícios com algum tipo de variação, a fim de modificar, intensificar ou mesmo isolar uma determinada região do músculo. As principais são: adução e abdução dos pés (/ \ ou \ /), na tentativa de trabalhar a parte mais lateral (externa) e respectivamente a medial (interna). Isso se trata de uma tentativa equivocada, já que esses músculos possuem uma mesma inserção e as estruturas que formam essa inserção percorrem um trajeto com a mesma direção no membro, com isso essas variações não promovem nenhuma modificação no seu trabalho. O que vale é a intensidade do trabalho e uma boa amplitude do movimento. Prenda-se a isso!

– Outro erro comum é realizar o trabalho desses músculos com pouca freqüência semanal – o ideal é treiná-los três vezes por semana.

– O treino desse grupamento muscular utiliza um número de repetições mais alto (15 – 20 reps). Isso se deve principalmente à constituição de fibras do Sóleo, que apresenta uma grande quantidade de fibras vermelhas – mais resistentes (HAY, JAMES G. et al, 1983 )1 .

– Esse grupo muscular deve ocupar um lugar de grande importância em treinamentos resistidos – o Sóleo é um importante músculo postural (HAY, JAMES G. et al, 1983)1 e o Gastrocnêmio por também cruzar a articulação do joelho auxilia de forma eficaz a sua estabilidade, além de sua função locomotora.

 Referência Bibliográfica

01. HAY, JAMES G., REID, J. GAVING. As Bases Anatômicas e Mecânicas do Movimento Humano. Ed. Prentice – Hall do Brasil, Rio de Janeiro, 1985.

Este artigo foi elaborado em função do

Grupo de Estudos Avançados em Saúde e Exercício – GEASE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s